Emenda de Elias Vaz impulsiona trabalho de repovoamento de peixes do Araguaia

Recurso de emenda parlamentar destinada pelo deputado federal Elias Vaz à Universidade Federal de Goiás no valor de R$510 mil vai permitir a aquisição de equipamentos e reforma do Setor de Aquicultura da instituição. O objetivo do trabalho é garantir o repovoamento de peixes na bacia do Araguaia. “É um projeto muito importante para o nosso meio ambiente e que pode incrementar o turismo de pesca no Araguaia”, explica Elias Vaz. O parlamentar visita o local nesta sexta-feira, às 17 horas.

“A emenda será extremamente importante para melhorar nossa estrutura por meio da reforma do laboratório de reprodução e de viveiros, além da construção de novos viveiros. Parte da verba foi direcionada para aquisição de insumos, como ração, calcário e cal virgem, e equipamentos destinados à análise de água, congelamento de sêmen e incubadoras, entre outros, para viabilizar a produção e transporte de formas jovens de peixes que serão utilizadas no repovoamento”, esclarece a coordenadora do Setor de Aquicultura, Fernanda Gomes de Paula. O setor é vinculado à Escola de Veterinária e Zootecnia da UFG.

Segundo a professora, o trabalho de repovoamento da bacia do Araguaia é realizado com a parceria da Universidade Estadual de Goiás, Pontifícia Universidade Católica e Emater por meio da Estação de Piscicultura de Anápolis. “Na próxima estação reprodutiva, já faremos induções para a produção de, pelo menos, 70 mil formas jovens. Com a avançar do projeto, vamos ampliar esse quantitativo”, afirma. Inicialmente, as equipes trabalham com espécies com protocolos de reprodução bem definidos, como a caranha, piau e curimbatá, mas o objetivo é aumentar essa diversidade.