Elias Vaz quer que ministros expliquem corte na Educação

O deputado federal Elias Vaz (PSB-GO) protocolou requerimento cobrando a convocação dos ministros da Educação, Abraham Weintraub, e da Economia, Paulo Guedes, para explicar à Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara o corte de 30% na verba das universidades públicas brasileiras. “Educação deve ser prioridade. Esse corte afeta diretamente a qualidade do ensino oferecido à população”, afirma o deputado. 
Segundo Elias, a medida atinge não só as universidades, mas também a educação básica. “Já há prefeituras goianas em contingenciamento por conta dessa decisão. O transporte escolar depende de recursos da União. A merenda também”. 
Na Universidade Federal de Goiás, o bloqueio de recursos é de cerca de R$32 milhões e pode impedir o pagamento de contas de água, energia e telefone.  Pesquisas também serão afetadas.  O Instituto Federal Goiano tenta se mobilizar para evitar o bloqueio. O reitor no Estado, Vicente Pereira de Almeida, já anunciou que será difícil superar as dificuldades financeiras com contingenciamento desse porte. O reitor do  Instituto Federal de Goiás e presidente do Conselho das Instituições de Ensino Técnico Superior do Brasil, Jerônimo da Silva Rodrigues, afirma que o corte pode parar as instituições em setembro de 2019. “Qualquer país que é referência em desenvolvimento investe na Educação e não o contrário. Não podemos assistir a essa situação de braços cruzados”, afirma o deputado.