Elias Vaz cobra explicações da Enel Nacional em Comissão da Câmara Federal

O deputado federal Elias Vaz (PSB-GO) acaba de apresentar requerimento solicitando que o presidente da Enel Brasil, Nicola Cotugno, e o diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica, Rodrigo Limp, prestem esclarecimentos à Comissão de Minas e Energia  da Câmara Federal sobre o serviço oferecido. A concessionária de Goiás foi considerada a pior do país pelo quinto ano consecutivo, segundo levantamento da Aneel.  “Além de oferecer um serviço péssimo, a Enel ainda cobra caro por isso. A concessionária deve uma satisfação à sociedade”, afirma o deputado.            

A Enel está na 30ª posição no ranking da Agência Nacional de Energia Elétrica, que avalia o desempenho no ano passado. Segundo o relatório, as interrupções de energia em 2018 duraram, em média, 26 horas. De acordo com a Aneel, houve aumento de 9,7% nas reclamações sobre a prestação do serviço da concessionária entre 2017 e 2018. Recentemente, a Enel divulgou um plano emergencial envolvendo a construção de novas redes e subestações, bem como o aumento do número de equipes em campo e da capacidade na central de atendimento.

“Não está clara a transparência quanto a essas medidas. A população precisa de uma resposta clara e é isso que vamos buscar na Câmara Federal. Também é necessário cobrar uma atuação mais eficiente da Aneel, para que adote uma postura mais rígida em relação a essas empresas porque a função do órgão é justamente fiscalizar o serviço”, explica Elias Vaz.