Deputado Elias Vaz quer informações sobre compra de computadores pela presidência da República

Brasília - Palácio do Planalto (Wilson Dias/Agência Brasil)

A empresa que venceu a licitação de mais de R$3,7 milhões é ligada ao grupo Odebrecht

O deputado federal Elias Vaz (PSB/GO) cobra informações da Secretaria Geral da Presidência da República sobre o pregão 38/2020, vencido pela empresa DATEN Tecnologia Ltda, para fornecimento de 500 computadores. O deputado usou a tribuna para questionar a aquisição e também apresentou requerimento para ter acesso ao processo de capa a capa. Dois fatos chamam a atenção, segundo ele. “O primeiro é que a empresa vencedora tem entre seus sócios a IFQ Participações Ltda, que pertence à família Odebrecht”, explica Elias Vaz.

São sócios da IFQ Participações Emílio Odebrecht Peltier de Queiroz e Ilka Odebrecht Peltier Queiroz, entre outros. Ilka é também diretora da Kiepper Patrimonial S/A, empresa que hoje é a controladora do grupo Odebrecht e tem como presidente Emílio Odebrecht.

O segundo questionamento do deputado diz respeito ao preço que será pago pelos computadores. O valor total é de R$3,7 milhões, ou seja, R$7.418 por equipamento. “É um valor alto e é de estranhar o desconto oferecido pela empresa vencedora, que foi de apenas 1%”, calcula Elias Vaz. A estimativa de orçamento da Presidência da República foi de R$3.746.435,00, o desconto foi de R$37 mil.